• Geral
  • by Clínica Angiclin
  • 21 de janeiro de 2020
  • 295
  • 0

Esse é um assunto polêmico, pois existem muitas controvérsias sobre o consumo de determinados alimentos ou realização de dietas específicas e suas possíveis repercussões no bebê. Certos alimentos são considerados como formadores de gases, como feijão, por exemplo, e podem causar incômodos, mas não existe uma regra.⠀
Entretanto, é preciso ter uma atenção redobrada com a ingestão de alimentos crus, como carnes vermelhas e vegetais, por conta do risco de infecção de parasitas que podem ser transmitidos para o feto . O ideal é procurar a orientação de um especialista para balancear uma dieta que seja saudável e nutritiva à mãe e ao bebê.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *